Um aparte sobre o blog e o Autismo…

Um aparte sobre o blog e o Autismo…

IMG_20151217_124901653[1]

Alguém me perguntou : ” Por que você não escreve só sobre autismo no blog?”

A minha resposta?????

Não, não fiquei chateada com  a pergunta…e nem dei resposta mal criada…até gostei, pois me abriu a oportunidade de esclarecer.

Eu tinha pensado a princípio em escrever somente sobre o autismo ou em fazer somente  um diário do Henrique…

Mas aí…pensei…eu não vivo só o autismo…

Então a resposta pra pessoa foi exatamente esta:

Não escrevo somente sobre o autismo, porque além de ser mãe de uma criança que tem autismo, também sou mulher, esposa, profissional, dona de casa e mãe de outra criança que não tem autismo…

Dentre outras coisas, sou como toda mulher e me interesso por decoração, moda, estética, saúde feminina, odontologia,…enfim…e  faço mil coisas ao mesmo tempo. Não, também não quero ser espelho pra ninguém, somente pretendo com este blog ajudar…pessoas que as vezes passam pelos mesmos problemas que eu, ou que simplesmente querem um

E quero também mostrar através do blog, que existe vida após o diagnóstico…

E muita vida, uma vida cheia de lutas e batalhas, e problemas e alegrias e conquistas…

O autismo me trouxe tanta coisa boa…me tornou uma pessoa melhor…pelo menos tento ser todos os dias.

Então é isso…Bora se ajudar!!!! Que tudo melhora!

bj!

 

A saúde bucal de nós mulheres!!!

A saúde bucal de nós mulheres!!!

colgate

 

Nós mulheres somos extremamente complexas…rsrsrs

Passamos por diversas fases ao longo da vida, ao longo dos anos, dos meses, da semana e do dia, das horas, minutos e segundos…enfim…cada hora estamos de um jeito!

As variações hormonais que ocorrem conosco em alguns períodos da vida podem causar alterações na saúde bucal, portanto é preciso ter uma atenção especial em cada fase que passamos.

Durante a puberdade, as transformações que acontecem na cabeça e no organismo feminino, propiciam o desenvolvimento de gengivites, por isso é preciso cuidar um pouquinho, se formos mães temos que ficar de olho nas nossas meninas, pois a passagem da infância para a adolescência, favorece tal situação. Depois da primeira menstruação, a tendência é que esse problema melhore.

Outro período crítico na vida da mulher é a gravidez, o enjoo, o vômito, são bastante comuns no período da gestação,  o suco gástrico que vai pra boca pode prejudicar o esmalte dentário. Então, para as futuras mamães o ideal é fazer bochechos  com bicarbonato de sódio pra estabilizar o PH bucal, caso não consigam escovar os dentes, logo após o vômito.

Mas não esqueçam!!!! o certo, certo mesmo!!! É escovar os dentinhos!!!!

Outro período de grandes alterações hormonais é a menopausa, nesse período nós mulheres ficamos totalmente ” fora da casinha”,  minha irmã mais velha está passando por isso!!!! é só Jesus pra aguentar!!!! rsrsr

Mas brincadeiras a parte todo o mal estar causado por essa fase, faz com que algumas mulheres negligenciem a higiene bucal.

Puberdade, Gravidez e Menopausa…acho q são essas as fases mais difíceis na vida de uma mulher..e é nesses períodos que temos que procurar dar mais atenção a nossa saúde de um modo geral.  Cuidando sempre do sorriso, pois é ele que deixa a vida mais bela!

Bjinhos!

 

 

A importância do pai, do marido, do companheiro…

A importância do pai, do marido, do companheiro…

IMG-20150822-WA0005[1]

Como pais de primeira viagem, não tínhamos nenhum parâmetro, de comparação de desenvolvimento de uma criança típica…

Henrique falava pouco, mas as pediatra diziam que era normal…

Eu! Letícia! não vou mentir, fiquei muito mal na época da suspeita de diagnóstico, a revolta tomou conta do meu coração, o medo…

Minha vida profissional foi totalmente afetada, faltava ao trabalho, pois no caminho eu começava a chorar, ficava sem rumo…perdi a conta das vezes que fui à emergência pra pedir atestado médico, pois não tinha condições psicológicas de trabalhar, nem de falar com ninguém, ficava vagando por aí…

Graças a Deus!!! Onde eu trabalhava na época, ninguém quis me prejudicar, as pessoas foram até bem compreensivas..

Houve momentos que olhava pro meu filho e sentia raiva…meu Deus!!! Como eu pude!!! Sentia pena de mim mesma…

Minha família não sabia de nada, e as poucas pessoas que sabiam, não tinham como me ajudar, não sabiam como me ajudar…

Hoje me arrependo de não ter procurado ajuda psicológica, ajuda profissional.

Ele nem sabe…mas o que me resgatou, o que me deu forças, o que me fez acordar…foi o posicionamento do meu marido.

Tenho certeza que a dor dele, foi tão grande quanto a minha, mas ao contrário de mim, ele transformou sua dor em um amor maior ainda…

Nunca esqueci dele dizendo : ” Ele pode ser do jeito que for, que ele é meu”.

Acredito que nunca tenha passado pela cabeça dele nos abandonar, como vejo muitos casos.

E muita gente diz que o autismo acaba com o casamento, mas não acredito nisso, talvez possa até exacerbar o que já estava errado, mas acabar um casamento não.

No nosso caso, o autismo nos uniu ainda mais. O amor se consolidou, o companheirismo aumentou, enfim, tudo melhorou.

E foi graças a isso, que fui aos poucos entendendo o por que das coisas.

Festa Junina!!!

Festa Junina!!!

 

Amo o mês de Junho!!! É um mês alegre de muita comida gostosa, roupas coloridas…

Então resolvi fazer uma reuniãozinha pra família e principalmente pros meus dois príncipes…

Quero que eles cresçam em ambientes festivos e tenham sempre a lembrança da família reunida, não importando o motivo…

É muito bom termos uma atitude positiva na vida…todos nós temos problemas, mas se procurarmos enfrentá-los de maneira tranquila, tudo se resolve..então bora comemorar o São João e o que mais vier…

Resolvi compartilhar a mini decoração junina que fiz na minha casa, tudo bem simples, mas que na minha opinião ficou bem engraçadinho, rsrsr..

Espero que gostem!

Henrique! Tudo por ele e pra ele!!!! PARTE 3.

Henrique! Tudo por ele e pra ele!!!! PARTE 3.

Olá!!

Como é difícil lhe dar com a rejeição!! Com o medo de não ser aceito! Com o preconceito!!!

E é muito mais difícil, conseguir vencer nosso próprio preconceito e vergonha inicial. É difícil se conscientizar de que a criança, de que seu filho outrora tão amado e motivo de todo orgulho do mundo, NÃO TEM CULPA!!!!!

Nunca esqueço de meu marido me dizendo no aeroporto, já de partida pra uma das viagens a trabalho: ” Amor!!!!! O Henrique não tem culpa! Não tem culpa de nada!!!”.

E foi com essa frase na cabeça que fui atrás de escola pro meu filho, pois ele não podia ficar sem estudar. Comecei procurar por escola Montessorianas, por que alguém havia me dito que o método era melhor pra crianças autistas.

E depois de muito choro, com a graça de Deus! encontrei a escola que hoje consigo enxergar foi ideal pro meu filhote. É impressionante como Deus nos conduz da melhor maneira possível!

Montessori 21, essa é a escola que meu príncipe começou a estudar e continua lá até hoje.

A psicopedagoga da escola me recebeu com muita humanidade, dizendo que tinha vaga sim pro Henrique, mas que precisava avalia-lo. E assim fizemos!

Todos na escola ficaram impressionados pelo fato de o Henrique saber ler e escrever perfeitamente. E ele virou o “xodó” da escola.

E hoje tenho convicção que quem aprendeu mais, ganhou mais, foi esta escola que o recebeu de braços abertos…Assim como eu e minha família… Somos muito melhores agora…sem exceção…

E por falar em família, nossas famílias na época não faziam ideia pelo que nós estávamos passando, exceto pela minha irmã mais velha e seu esposa e meu irmão e sua esposa…

Mas isto…eu conto no próximo post…

Mil beijinhos!!

Sendo mulherzinha…adoro!

Sendo mulherzinha…adoro!

Ehhh!!!!

Quem nunca brincou de casinha né??!!!

Ultimamente ando curtindo muito, mas muito mesmo minha casinha…e essas coisas de menina!!

Sempre gostei de coisinhas, de arrumar, de decorar, de fazer festinhas…enfim…

Por isso resolvi compartilhar as coisas que faço em casa, a partir de agora, e vou começar mostrando o jantar de Dia dos namorados.

Foi muito prazeroso! E apesar de ter sido improvisado, achei que ficou bem jeitosinho!

Afinal! a gente tem que curtir a vida, apesar dos problemas…

Bjinhos!