Os dentistas, os autistas e as crianças…

Os dentistas, os autistas e as crianças…

dentista

Vc já levou seu filhinho ao dentista?

Os cuidados com os dentinhos devem iniciar antes mesmo deles aparecerem na boquinha do seu bebê! (Mas isso é assunto pra outro post!)

A relação inicial do dentista com a criança, seja ela típica ou autista, depende muito do comportamento dos pais, do cuidador, da pessoa que convive mais intimamente com a criança.

Por exemplo: se a mãe faz cara de pânico toda vez que ouve a palavra “dentista”!

Seu filho obviamente vai ficar extremamente ansioso e com medo da primeira consulta.

Por isso é importante que o profissional converse primeiro com a mãe, para conhecer um pouco a família e entender o comportamento da criança, antes mesmo de conhecê-la pessoalmente.

Pois o ambiente familiar é um dos principais causadores do “Medo de Dentista”. A superproteção, a ansiedade , a preocupação e a apreensão exagerada dos pais, pode comprometer a relação Dentista X Criança.

As crianças são muito sugestionáveis, então ao ouvirem relatos de experiências desagradáveis vividas por seus pais ou amigos, podem fantasiar, exagerando o quadro.

Conversar com a criança, de forma positiva, explicando a importância da visita ao dentista, tentando descrever o ambiente, pode ajudar a melhorar o medo do desconhecido e do inesperado.

No próximo post, falarei sobre o ambiente do consultório odontológico, do comportamento do dentista, e mais…

Bjs!

Anúncios